Arquivo | Twitter RSS feed for this section

O Twitter morreu mesmo? Acho que não.

25 set

Fala-se muito em O TWITTER MORREU.

Mas será que isso é realmente verdade? Eu particularmente acredito que não. Se realmente fosse verdade, não haveriam records a serem quebrados na Copa do mundo no Brasil, por exemplo.

Copa do Mundo de 2014 bate recordes históricos nas redes sociais - Notícias - UOL Copa do Mundo 2014 2014-09-25 09-47-47

Olhar Digital- Copa do Mundo gera recordes nas redes sociais 2014-09-25 09-48-27

fontes: olhar digital e uol

Eu uso bastante a plataforma e tenho vários amigos que também usam. Talvez como uma forma de mini diário, de mini divã pra reclamar de alguma coisa ou pra saber das últimas notícias do mundo. Mas como inserir a sua marca dentro de uma plataforma que tem usuários tão peculiares? Onde a ZUERA REALLY NEVER ENDS? Onde, pra ser escutado, eu acredito que, sua marca tenha que escutar e se relacionar com o usuário (e não com o consumidor) no modo mais claro do que isso possa significar pra você.

Acredito que o desafio de fazer com que a sua marca use o twitter de forma estratégica seja ainda mais difícil do que utilizar o Facebook, por exemplo. NÃO. EU NÃO ESTOU FALANDO DE MARCAS FAZENDO PIADINHAS, RESPONDENDO ENGRAÇADINHO, OU FAZENDO BATALHA DE RIMAS. Isso pra mim não é estratégia. São casos esporádicos onde o community manager teve uma (as vezes) boa sacada de como responder um usuário qualquer.

Estou falando de criar uma estratégia para usar o twitter de uma forma diferente, que realmente faça o usuário querer te dar um follow, conversar com a sua marca e se identificar com seu conteúdo.

Hoje eu achei uma marca que faz isso. E MUITO BEM.

A Remix Social Ideas  (agência que se você trabalha com digital/social tem a obrigação de conhecer) tem uma estratégia diferente e ao mesmo tempo super bacana. A estratégia é mostrar o knowhow da agência pra seus clientes/prospects (e nós do mercado), dando dicas, conselhos, mas utilizando o que há de mais lindo nessa internet: GIFS.

Todos os tweets tem uma frase sobre social/digital + um gif que ilustra isso.

Olha que sensacional.

 

Anúncios

Social media level 99

20 set

Twitter: em suma, rede social criada pra gente reclamar.  Lá a zuera não tem limites. MESMO. rs

Pra mim, a melhor mídia social de todos os tempos. Apesar de nos últimos tempos o número de usuários vir caindo aos poucos, essa ainda é a rede social mais utilizada por marcas.  Ótima ferramenta para ser utilizada como SAC 2.0, ultimamente o passarinho tem nos proporcionado alguns momentos social media bem bacanas. Quem não VIBROU com a interação da Oreo e Kit kat? Aquilo foi histórico.

A da vez é fazer perguntas para bancos. rs

Faça uma pergunta e teste o pobre analista de mídias sociais que tá lá na frente do computador pra te responder.

Olha a última: Itaú e Santander batalham rima por cliente. CADÊ O EMICIDA?

O que acho mais legal nisso tudo é que bancos tem uma característica bastante formal e séria. Essa flexibilização da linguagem/persona desse tipo de marca para com o consumidor é uma “evolução” master na “independência” e trabalho nas mídias sociais.

hlyKkha

A relação entre E-commerce e Mídias Sociais

24 jul

Hoje (ainda, por incrível que isso pareça pra mim), as marcas e pessoas, pelo menos no Brasil, ainda vêem o Facebook como a solução de todos os problemas. Não tem muito tempo, fui em um evento sobre social media onde o assunto foi a tal da rede social do zuckerberg. Ok. É a maior rede social do mundo com mais de 1 bilhão de usuários, é onde todo mundo está, é a que mais oferece opções de publicidade e tudo mais, mas focar seus esforços de marketing em uma rede social apenas, é uma estratégia inteligente? Pra mim, é a mais acomodada. O começo do fim do facebook está próximo, assim como o Orkut e outras redes que foram se acabando aos poucos?

Segundo Gigya sim. Em partes, pelo menos.

Eles fizeram um estudo bem bacana sobre logins e compartilhamentos em redes sociais por alguns setores e situações. O que mais me chamou atenção foi share preferences (preferencias de compartilhamento, por assim dizer). O artigo fala especificamente de Google+ e Pinterest, mas o que me motivou a escrever este artigo foi a seguinte pergunta que me fiz: POR QUE, VOCÊ QUE TEM UM ECOMMERCE, ESTÁ FOCANDO TANTO NO FACEBOOK E ESQUECENDO REDES COMO TWITTER E PINTEREST (principalmente)?

Tudo bem que o Facebook ainda tem boa fatia de shares, mas leve em consideração que á é onde todo mundo está, então consequentemente o esforço pra você ser visto é bem maior. Tente encontrar lacunas onde há espaço pra se fazer um trabalho bacana, em uma outra linguagem. Veja que Twitter tem 24% e Pinterest 16% das preferencias de compartilhamentos de conteúdo (quando falamos isso, estamos falando de quando você entra em um site e compartilha um artigo, foto, vídeo, etc).

share preferences

Mais especificamente com conteúdos de ecommerces, o Pinterest já tem mais shares que o Facebook, com 41% do total.

share preferences 2

Então pergunte-se: esse investimento que você anda fazendo na sua fan page está valendo mesmo a pena?

Pra ler o texto completo e ver outras estatísticas, clique aqui.

Abs!