Arquivo | Monitoramento RSS feed for this section

Vá além do monitoramento de marca.

24 set

Monitoramento Além Da Marca- Mapeando Temáticas E Mercado, com Mariana Oliveira e Cezar CUnha por Locaweb - Eventials 2014-09-24 16-14-11

Mariana Oliveira faz parte do grupo de pessoas a seguir nas mídias sociais. “Conheci” ela no Social Media Brasil de 2012. Ela, junto com a Pri Muniz palestraram nessa época sobre monitoramento e me fizeram ter outra visão de mercado e trazer isso pra Uberlândia na época de uma forma mais analítica e profissional. Desde então já fizemos monitoramento de um grande ecommerce nacional, de uma universidade que tem 9 campus espalhados pelo país, de um senador e de outras empresas nacionais e locais com resultados bem interessantes.

Em suma, Mariana, que hoje é Gerente de Data Intelligence na Ogilvy, falou no #smwsp essa semana e no vídeo abaixo ela fala sobre como usar o monitoramento pra criar uma base pra estratégias e planejamentos, monitorando universos de conteúdos, temáticas e mercado, falando sobre como explorar as ferramentas de monitoramento pra ir além da análise sobre o que as pessoas falam sobre sua marca, dando exemplos como Neymar, ativações, Friboi, influenciadores, jornada do consumidor, monitoramento por geolocalização e muito mais.
Logo depois o Cezar Cunha fala sobre como a ferramenta coleta e quais os tipos de análises e parâmetros que podemos fazer observar pra fazer com que dados se transformem em conhecimento.

Essa palestra mostra bem o nível que o mercado de verdade está. Aquele lá de São Paulo, onde tem os profissionais bons e onde nascem mesmo os grandes cases e ideias do mercado.

Ou seja, se a agência que faz o monitoramento pra você, não procura investigar e te trazer outros insights a partir do planejamento, CORRE QUE É CILADA BINO. Procure sempre profissionais que entendam de estratégia, antes de entenderem da ferramenta. Se precisar, entre em contato! =)

#valeoplay Clique na imagem pra conferir

Monitoramento Além Da Marca- Mapeando Temáticas E Mercado, com Mariana Oliveira e Cezar CUnha por Locaweb - Eventials 2014-09-24 16-16-34

 

UPDATE: A Mariana liberou o slide no slideshare: =D

 

Análise sobre comportamento nas Mídias Sociais

23 set

tarujo

Desde que comecei a trabalhar com Mídias Sociais (por volta de 2010), e pude a ir a cursos em SP, comecei a conhecer mais de perto os “players” mais importantes daquele cenário por lá. Pessoas comuns, que trabalham em boas agências e que são ativas, profissionalmente falando. A partir disso, comecei um processo de stalker nível Sherlock Holmes com algumas dessas pessoas. Uma delas foi um cara que se chama Tarcízio Silva (@tarushijio), um dos caras mais fodas em monitoramento e métricas do Brasil. Não vou falar muito sobre o que eu sei da vida dele, por que pode te assustar um pouco! heheh Mas o mais importante é que seguir esse cara já me proporcionou vários insights importantes pra jobs que já fiz em relação a essa disciplina.

Por isso, como o objetivo deste humilde blog, é compartilhar informação relevante pra quem trabalha com Digital, compartilho hoje o ppt da palestra dele no #smwsp sobre Comportamento nas Mídias Sociais.

 

Divirtam-se!

Como fazer um plano básico para Mídias Sociais

13 ago

Your brand is what people say about you when you're not in the room

1 passo: Conheça o cliente (e o mercado que ele atua)
Sempre que vamos fazer um plano/planejamento, o primeiríssimo passo que devemos dar é o briefing bem feito + pesquisa (diagnóstico/cenário/benchmark)

Não se atenha somente ao Google. Use a melhor fonte que você tem para buscar informações: seu cliente. Afinal, ele respira seus problemas e paradigmas 24/7.

2 passo: Encontre as soluções. Ou simplesmente as crie.
Basicamente é igual aquilo tudo que vimos na sala de aula da faculdade. Você tem um problema e busca a solução pro cliente. Se este problema não estiver extremamente delineado, então volte atrás e procure até encontrá-lo. Ele sempre vai ser o seu norte.

Vejo muitas marcas por aí no digital que investem pequenas fortunas, mas não alcançam resultado nenhum, justamente por não terem um norte. Um objetivo.

Entrar nas mídias sociais não é um objetivo e muito menos uma solução para problema nenhum.

Já melhorar a comunicação com meu cliente, trazendo o atendimento ao consumidor para as mídias sociais, sim. Aqui estamos resolvendo um problema de atendimento onde poderemos mensurar o volume/qualidade das interações dos consumidores com a marca.

3 passo – Crie estratégias (e entenda a diferença entre metas e objetivos)

A estratégia e as táticas são as formas com as quais você vai alcançar o seu objetivo (ou resolver o seu problema).
É aqui onde você vai definir como a marca vai falar com seus usuários, onde ela vai estabelecer este diálogo e de que forma a marca se portará em relação à possíveis crises.

É aqui que você define, depois de um estudo minucioso dos objetivos da marca, em qual rede social é mais viável sua marca estar.

Muita gente confunde meta com objetivo e eu vou dar uma dica simples, mas bem eficiente:
Objetivo: onde você quer chegar
Meta: em quanto tempo, gastando quanto (quantifique seu objetivo para chegar na sua meta)

para complemanetar:
Estratégia: Como chegar la?
Tática: de que maneira chegar?

4 passo – Acompanhe/ouça seus consumidores

Fazer planejamento não é apenas ter uma ideia brilhante, enfiar goela abaixo na produção e esperar os resultados caírem no seu colo, não senhor!

Planejador que se preze, cria planilha, acompanha resultados, adequa estratégias, orienta a equipe e faz uma série de outras coisas além de ficar sentadão na cadeira cobrando resultados.

Não vou citar métricas nem métodos pra esse tipo de coisa, por que se você quiser saber mesmo, vá estudar, mas uma coisa eu posso falar como uma grande fã de monitoramento de mídias sociais: ouça os consumidores da marca para qual você está trabalhando. Faça monitoramento. Ali, pode surgir muitos insights bacanas pra você conseguir levar pra essa marca/cliente os objetivos e resultados que ele quer.

 Só mais uma dica? Sempre planeje com antecedência, se possível. Sempre crie possíveis cenários. Sempre fuja do comum.

 

xoxo

Monitoramento de Mídias Sociais – Social Commands Center

2 out

De repente você teve uma péssima experiência com uma marca e quer dar essa dica pra alguém. Onde você vai? Na casa do vizinho? Na padaria? Na balada? NÃO. Você vai pras redes sociais. Isso mesmo… porque se é pra falar mal, vamos falar pro mundo, né?!

É ali (redes sociais) que você (e seus amigos) podem ser influenciados a usarem ou não o serviço/produto de alguma marca. É ali que você vai se vingar, de algum modo, daquela marquinha xexelenta com a qual você teve uma BAD TRIP. Mesmo que essa marquinha seja uma Coca-Cola rs. Mas é ali também que marcas inteligentes pesquisam e descobrem, por meio de coleta e análise de dados, suas falhas com o consumidores e podem reverter essas situações ganhando, entre outras coisas, vantagem competitiva no mercado.

E, acredite: tem gente que leva o Monitoramento de Mídias Sociais e/ou Business Intelligence/Social Listening muito a sério. Muito mesmo.

Abaixo seguem alguns exemplos de Social Commands Center (Cento de comando social, por assim dizer). Nestes centros é onde essas marcas fazem o controle de tudo o que é falado sobre elas na internet, evitam grandes crises, identificam influenciadores ou advogados/detratores de marca entre outros. Resumindo é uma NSA, só que de marcas/pessoas.

Vizia

Social Command Center Vizia

Australia’s Rugby code NRL

Australia’s Rugby code NRL

Centro de Controle da MutualMind

Centro de Controle da MutualMind

Oregon Ducks Launch College Sports’ First Social Command Center

Oregon Ducks Launch College Sports’ First Social Command Center

Dell's Social Media Command Center

Dell’s Social Media Command Center

The Dreamforce 12 Social Media Command Center

The Dreamforce 12 Social Media Command Center

Então fica a dica: se você realmente teve algum problema com aquela marca que você gosta, conte sim pros seus amigos. Conte no facebook, twitter, linked in, Reclame Aqui, faça um post no seu blog… enfim. Isso ajuda o mercado/marcas a evoluir. É bom lembrar que bom senso é fundamental SEMPRE, claro.

Obs.: não estou incentivando o mimimi. Você, consumidor, tem que fazer uso dessas ferramentas com inteligencia e bom senso. Se você não é inteligente esse artigo não serve pra você. =)

Obs.2: fico devendo um artigo sobre o que pode ser feito em relação a Social Listening/Business Intelligence.

Fotos: pinterest do brandwatch

Infográfico do dia #4 – Papa Francisco no Brasil

23 jul

Da parceria entre a agência A2 Comunicação e a ferramenta de monitoramento Scup surgiu um infográfico bem bacana que mostra o que os brasileiros pensam da vinda do Papa para o Brasil na JMJ 2013.

nuvem-papa

Uma coisa interessante é a porcentagem de homens falando sobre o assunto. Como vimos aqui, as mulheres dominam as redes sociais, com 71% da participação. Vale a pena tentar entender o porque disso.

Outra coisa interessante é que menos pessoas defendem a vinda do pontífice do que condenam. Talvez esse dado mostre (e enfatize ainda mais) que um dos objetivos das pessoas estarem nas redes sociais é o de reclamar.

E mais uma vez a política de privacidade do facebook atrapalha a coleta e análise de dados nas redes sociais. A gente percebe isso no dia a dia do monitoramento e podemos também perceber pelo infográfico. Twitter com mais itens coletados do que facebook (maior rede social do Brasil).

Confere aí!

Infográfico-Papa-no-Brasil-1

 

Clique na imagem pra dar zoom

Pra mais informações, acesse o scup ideas que foi de onde eu xupinhei esse info! =)

Hangout – Padronização de Métricas para Mídias Sociais

8 jul

Google plus não seria o mesmo sem os Hangouts, não é mesmo? O Hangout é uma ótima ferramenta pra disseminação de informação, por meio de vídeos. O número crescente de hangouts sobre diversos assuntos, onde profissionais, antes acessíveis somente por meio de cursos e eventos, estão à um clique de distancia dos meros mortais que moram no interior de minas e não podem gastar 1500 conto por mês pra ir em eventos em são paulo  = euzinha. (: #meubolsoagradece

Anyway… Mais uma dica pra você se aprimorar e fazer com que esse mercado evolua! (:

Quinta, 11, às 16h, começa um hangout super bacana, com Diego Monteiro e Tarcízio Silva, que dispensa apresentações. (se você não sabe quem são, então é sinal de que você precisa de atualizar. Urgentemente.)

 

hangoutscup

Pra acompanhar este hangout, basta acompanhar a página do SCUP no Google Plus!

Pra mais um hangout bacana do Diego Monteiro sobre monitoramento,confira o artigo Hangout on air – Monitoramento

Infográfico do dia #2 – Brasil x Espanha nas redes sociais

1 jul

Sempre que rola algum show, passeata, final da novela, season finale de seriado ou final do BBB eu fico no aguardo de um infográfico que tangibilize a percepção dos usuários nas redes sociais sobre o assunto. Números/dados que mostrem o que foi falado, quanto foi falado, quem falou e variáveis. Coisas de monitoramento.

Como todo mundo sabe, ontem o Brasil ganhou a Copa das Confederações contra a Espanha, certo? Enquanto assistia o jogo e bebia minha cerveja, fiquei pensando em o que as pessoas estavam falando, qual a percepção delas em relação ao desempenho de Neymar e CIA, o que eles estavam dizendo sobre a Espanha e por aí vai. Thank God alguém (agência le fil) pensou a mesma coisa e monitorou o jogo todinho AND assuntos que foram falados! =) Confere aí!

Copa das Confederacoes redes sociais

Não é o melhor infográfico que eu já vi, mas dá pra ter uma ideia do que rolou nas redes ontem!

Pra acessar o link original, clique aqui

__________________________________________________

UPDATE

Enquanto isso no instagram… a Coca Cola entra no jogo das redes sociais e faz brincadeira entre Bruna Marquezine e Shakira! =)

1045069_594466203919639_1648350723_n

Abs!