Arquivo | abril, 2013

Infográfico do dia #1

4 abr

Tipo o Look do dia das blogueiras, só que não. rs
Esse infográfico veio até mim, como a montanha vai até Maomé. Analisei e tirei algumas conclusões que seguem abaixo pra vocês.
Não importa se você é designer, planner ou estagiário. Informação nunca é demais e acredito que por trabalharmos
com internet, essa “máxima” ganhe ainda mais força e importancia.

No infográfico abaixo vcs podem conferir estatísticas de Social Media dos EUA que, de uma maneira ou de outra, acabam refletindo por aqui.
Bom pra antecipar os passos. Ser ativo, e não reativo ao mercado.

#Conclusão1
Facebook ainda é (e vai continuar sendo por algum tempo) a maior rede social. É lá que as pessoas estão. Não tem jeito.

#Conclusão2
Fiquem de olho no Pinterest. Eu venho falando isso aqui desde o ano passado (até chegamos a criar um pro eFacil no dia das mães de 2012)
Algumas outras estatísticas apontam que o Pin gera mais tráfego pra sites do que Google+, Youtube e Linked in, JUNTOS.
Se vc trabalha com conteúdo pra mulher, então FOCA NO PIN. rs

#Conclusão3
Sua mãe ou sua tia não são excessões (eu sei escrever essa palavra sem procurar no google kkkk) no facebook.
Conteúdo pra ~idosos configuram uma boa fatia de mercado lá. Tem gente querendo consumir posts que falem de COREGA, frauda geriátrica e marca passo. Aproveitem!

#Conclusão4
Tire suas próprias conclusões e comentem, porque eu tenho mais o que fazer. rs

Infográficododia #1

Como as métricas podem ajudar você a ter um insight bacana

4 abr

Propaganda de youtube é sempre chata, né?
Apertar o PLAY e esperar aqueles 05 seg que você até evita olhar pro monitor pra não ver a propaganda. rs

Daí, o pessoal de métrias da AgênciaClick Isobar percebeu isso e resolveu inverter a situação.
O objetivo era tentar prender a atenção do usuário nos primeiros 5 seg, pra depois tentar vender a ideia/história/produto, que no caso era da Nívea.

Eu achei legal porque a ideia veio do pessoal da MÉTRICA, ou seja, identificaram o problema e pela a análise dos números (kpis e métricas), resolveram o problema (muita gente vendo o vt até o final).

Confira o vídeo que rolava como anúncio no youtube!